Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/12/18 às 15h55 - Atualizado em 14/12/18 às 15h55

Doação de medula óssea é tema de campanha no DF

De 14 a 21 de dezembro, acontece a Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea, a fim de incentivar o cadastramento de novos doadores de medula óssea e atualização de dados de quem já está registrado como doador. Neste ano, a Fundação Hemocentro de Brasília promove a campanha “Você pode ser a esperança” nas redes sociais, chamando atenção para a causa.

 

O transplante de medula óssea é um dos procedimentos que podem ajudar pacientes com leucemia, linfoma e outras doenças hematológicas. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o doador ideal (irmão compatível) só é encontrado em 25% das famílias brasileiras. Quando não há alguém na família, é preciso identificar um doador alternativo a partir dos registros voluntários. Nesse caso, a chance de o paciente encontrar um doador compatível é de uma em cada 100 mil pessoas, em média.

 

Doador, atualize seu cadastro!

 

Após o cadastro no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), o doador pode demorar anos para ser chamado – e informações de contato desatualizadas dificultam ainda mais a comunicação com o doador. Por isso, é extremamente importante manter os dados cadastrais atualizados, principalmente telefones, e-mail e endereço, para que o doador possa ser localizado quando for detectada compatibilidade. A atualização pode ser feita pela internet, no site do Redome (redome.inca.gov.br).

 

Você pode ser a esperança

 

Para se cadastrar como doador voluntário de medula óssea, é preciso ter entre 18 e 55 anos de idade, estar em bom estado de saúde e não ter doença infecciosa ou incapacitante. O cadastro é feito no Hemocentro, basta apresentar um documento de identidade com foto. Não é preciso agendar o atendimento. Outras informações aqui no site (ou no menu Quero doar > Doação de medula óssea).

 

Uma amostra de sangue é retirada para fazer o exame que identifica as características genéticas do doador. Essas informações são constantemente cruzadas com os dados de pacientes do Brasil e do mundo que necessitam de transplantes para determinar a compatibilidade.

 

O atendimento no Hemocentro é de segunda a sábado, das 7h às 18h. Fique atento para a mudança nos horários durante o Natal e o Ano-Novo. O Hemocentro está localizado Setor Médico Hospitalar Norte, quadra 03, conjunto A, bloco 03 (Asa Norte).

Fundação Hemocentro de Brasília - Governo de Brasília

FHB

Setor Médico Hospitalar Norte, quadra 3, conjunto A, bloco 3. Asa Norte, Brasília-DF. CEP: 70.710-908.